Anunciados 4 vencedores em prêmio europeu para jovens talentos


Cortesia de YTAAwards

Cortesia de YTAAwards

Os quatro vencedores do Young Talent Architecture Award (YTAA) de 2018 – um concurso da European CommissionFundació Mies van der Rohe, do Conselho de Arquitetos da Europa e da Associação Européia de Educação Arquitetônica – foram anunciados. Com “relevância social e cultural implícita”, cada um dos projetos vencedores lida com o tema do patrimônio de maneira pessoal, porém visionária, levando a um conjunto de projetos que “mostram uma boa cidadania arquitetônica”. Na segunda edição do prêmio, 451 estudantes de 118 escolas participaram, representando 32 países de toda a Europa (com a China e a Coreia do Sul participando como países convidados).

Leia mais para conhecer os quatro vencedores com as descrições de seus projetos fornecidos pelo Young Talent Architecture Award.

Neue Bau | akademie Berlin – a club for the former & future architecture / Hendrik Brinkmann, College of Architecture, Media and Design Berlin University of the Arts


Cortesia de Hendrik Brinkmann

Cortesia de Hendrik Brinkmann

O projeto é uma contribuição para o debate contemporâneo sobre o futuro programático e arquitetônico da Bauakademie em Berlim. Trabalhar na reconstrução significa agregar um conjunto de questões que tornam os problemas típicos de projeto mais complexos: todas as decisões precisam levar em consideração o prédio existente, que pode ter sido perdido há muito tempo, em mente. O júri considerou que o autor define um projeto retórico com perguntas a serem feitas com engajamento, implicitamente tendo uma relevância social e cultural.


Cortesia de Hendrik Brinkmann

Cortesia de Hendrik Brinkmann

Perdido (Lost) – P.R.U.S. of Madrid / Julio Gotor Valcárcel, Madrid School of Architecture Polytechnic University of Madrid


Cortesia de Julio Gotor Valcárcel

Cortesia de Julio Gotor Valcárcel

O objetivo do projeto é recuperar uma paisagem esquecida e latente convertendo-a em espaço público. A partir da pesquisa, o plano é desenvolvido recuperando os espaços existentes, projetando uma nova rede de acessos e conectando as cenas urbanas. O júri destacou que o projeto trabalha com diferentes escalas simultaneamente: urbana, infraestrutura e tectônica, através da experimentação com os sistemas arquitetônicos.


Cortesia de Julio Gotor Valcárcel

Cortesia de Julio Gotor Valcárcel

Deplorable Framework / Matthew Gregorowski, The Cass Faculty of Art Architecture & Design London Metropolitan University


Cortesia de Matthew Gregorowski

Cortesia de Matthew Gregorowski

O projeto é uma proposta para a reinvenção holística do rural britânico. A formação de uma vasta floresta nova recompõe a paisagem do Parque Nacional de Peak District e as estruturas no seu interior. À medida que a intervenção humana se torna legível, as impressões da natureza são emancipadas de concepções ingênuas de beleza. O júri foi atraído pela complexidade da situação pós Brexit e como o autor lida com um conceito forte para reimaginar esta nova situação.


Cortesia de Matthew Gregorowski

Cortesia de Matthew Gregorowski

The Bank of England: a dialectical project / Loed Stolte, Faculty of Architecture and the Built Environment Delft University of Technology


Cortesia de Loed Stolte

Cortesia de Loed Stolte

Criticamente inspirado pelo lendário “Bank of England”, de John Soane, o projeto envolve explicitamente a dialética arquitetônica da ruína e da construção, a interioridade e a exterioridade com aqueles de genuína publicidade e poder institucional. O júri ficou surpreso com a originalidade desse projeto, um trabalho intelectual extremamente sólido: a ruína, o dinheiro, o banco. Os desenhos são incríveis e são complementados por uma incrível peça de escrita.

Loed Stolte faleceu em 24 de dezembro de 2017. Sua família queria manter viva sua memória participando do prêmio e divulgando seu trabalho. YTAA 2018 é dedicado à sua memória.


Cortesia de Loed Stolte

Cortesia de Loed Stolte

O Júri YTAA 2018 consistiu em:

  • Salomon Frausto, Diretor dos estúdios em Berlage, Delft (Presidente)
  • Martina Bauer, Architect, Associado senior no Barkow Leibinger, Berlim
  • Ana Betancour, Pesquisador e Reitor na UMA School of Architecture, Umeå
  • Matilde Cassani, Arquiteto trabalhando com arquitetura, instalações e eventos, Mião
  • Rainer Mahlamäki, Fundador do Lahdelma & Mahlamäki Architects, Helsinki

Para mais informações sobre o prêmio, confira o site aqui.

<

p dir=”ltr”>Notícia via European Commission, the Fundació Mies van der Rohethe Architects’ Council of Europe e the European Association for Architectural Education.

Powered by WPeMatico

Facebook confira nossa página !Acesso Imediato!
%d blogueiros gostam disto: